O que você entende por Empoderamento Feminino?

 

Parece óbvio, mas muitas vezes vemos algo novo ou até mesmo uma nova palavra circular nos meios e nas redes sociais e logo passamos a utilizá-la sem que tenhamos sua real definição… você já percebeu isso?

Pois é, pensando exatamente na importância e efeito que esta palavra tem gerado sobre nós mulheres, que decidi escrever este breve artigo para você. Bora lá  😉

EMPODERAMENTO é dar poder sobre si e/ou sobre um grupo de pessoas.

Empoderamento feminino é o que podemos fazer para fortalecer mais mulheres e desenvolver a igualdade de gêneros em todos os ambientes, visando que, mesmo hoje em dia, a desigualdade entre homens e mulheres continua presente.

Empoderamento é quando nos reconhecemos como semelhantes e não inimigos ou concorrentes, somos pessoas que podem viver sobre a mesma opressão (quando um grupo dominante na sociedade se impõe sobre um que não é dominante), até porque muitas pessoas são oprimidas pelo machismo, racismo, homofobia, transfobia, bifobia, etc.

A ONU Mulheres e o Pacto Global criaram Princípios de empoderamento das mulheres, que são um conjunto de considerações que ajudam a incorporam a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres.

  • 1: Estabelecer liderança corporativa de alto nível para a igualdade de gênero;
  • 2: Tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho – respeita e apoia os direitos humanos e a não discriminação;
  • 3: Garante a saúde, bem estar e segurança de todos os trabalhadores, homens e mulheres;
  • 4: Promove educação, treinamento e desenvolvimento para mulheres;
  • 5: Implementa desenvolvimento empresarial, cadeia de fornecimento e práticas de comercialização que deleguem poder às mulheres;
  • 6: Promove a igualdade através de iniciativas e defesa comunitária;
  • 7: Mede e publica o progresso para atingir a igualdade de gênero.

E aí, gostou?! É muito bom saber o que significa uma palavra tão importante para nós, não é mesmo?

Então, deixe o seu like ou comentário para eu saber se você curtiu este artigo ok. =)

Um forte abraço,

Elaine Lys

Fontes: Revista Capitolina, Yahoo, Plano feminino e ONU Mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *